segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Como se origina "O conjunto da ditadura civil".


"O conjunto da ditadura civil
Como nasceu, são adestrados, se reproduzem, funcionam e vivem seus elementos."
Um sistema social e uma sociedade tem suas estruturas, órgãos, leis e todos os princípios de funcionamento obedecendo motivações, idéias e objetivos dos seus criadores, controladores e os segredos desses processos sociaís e estatais. Vivemos no mundo ocidental sob a visão de mundo da cultura judaica-cristã, grego-romana e do capitalismo com suas várias formas de práticas e condicionamentos pessoais, sociais, materiais e éticos.
Essas premissas serão sempre levadas em conta para que possamos compreender as nossas vidas, a nossa sociedade, as pessoas e tudo que percebemos com as diferentes capacidades de análise, compreenssão, reflexão e´prática que todos temos com diferentes capacidades, formação cultural e científica ou (como é esperável neste sistema capitalista), com o senso comum das pessoas preconceituosas ou sem as necessárias informações para agirem e reagirem aos fatos e coisas da vida. Nada poderemos compreender se partirmos de idéias falaciosas, preconceituosas, alienadas e baseadas em visões de mundo dos que fazem parte do "conjunto da sociedade civil" e dos demais aparelhos ideológicos que defendem seguem e reproduzem os valores, princípios e idéias dos capitalistas burgueses e seu estado antidemocrático da direita capitalista totalitarista. Seríamos ingênuos, incompetentes e irresponsáveis se não observássemos essas premissas e essas superestruturas sob as quais estamos vivendo. Antes de ser um "animal político" ( conforme sentenciava Aristóteles e somente se limitando a ver essa parte a contribuição geral e ontológica do homem) o homem é um animal, como os demais seres das inúmeras e diferentes espécies animais que vivem na terra. Todos os sistemas vivos necessitam de energia para viver, mesmo os vegetais necessitam realizar processos de obtenção de meios para manterem-se vivos e se reproduzirem. Os vírus e bactérias necessitam invadir as células para obter energia e condições necessárias para viverem. O homem (como dizem os profetas judeus e demais teóricos e pensadores de todos os tipos emanados da visão de mundo judaica-cristã e greco-romana) é um animal político que necessita viver em grupo e produzir as coisas e meios necessários para sobreviver e se reproduzir transmitindo seus genes, cultura e todas as formas de conhecimento que a espécie humana acumulou através da história. Os egípicios, chineses, indianos e todos os povos acumulam culturas, saberes, informações, experiências, conquistas e tecnologias de todos os tipos e formatos.
Estudando as obras de Engels, Karl Marx, Proudhon, Rosseau, Kent, Grenisei e todos os pensadores que venho citando na minha obra, voces poderão ter os pré-requisitos necessários para melhor compreender os meus princípios, valores e idéias. Não escrevo para ser entendido e criticado pelos "analfabetos políticos"( leiam o obra de Bertold Brecht, Máximo Gorki, Trotsky, Lenine e os demais pensadores que analizaram os diferentes regimes e sistemas culturais, sociais e econômicos), , pelos adestrados pelos sistemas educacionais capitalista-burguês formador de professores agentes e operadores necessários a manutenção a manutenção dos poderes e privilégios dos donos dos meios de produção e do também capital humano transformado em eleitor-consumidores...
Não serei ingênuo ou utópico para esfera dos que obdecem e seguem os princípios, valores e idéias dos capitalistas-burgueses, compreenssão, aceitação e apoios; jamais isso acontecerá pelo simples fato que eles são meus inimigos e se opõem radicalmente a minha ideologia e visão de mundo. Esperarei sempre da parte dos que fazem parte da "Ditadura civil", Aparelhos ideológicos do estado burguês" e "indústria cultural") apenas o que eles são preparados e necessitam oferecer as pessoas que não aceitam seus valores idéias, princípios e consumos de luxo como coisas absolutamente necessárias para todas as pessoas: esperarei deles torturas, perseguições,´prisões, mal tratos, atos sádicos e todas as forma de ações e coisas que possam impedir-me de obter e alcançar. Não esperarei dos meus inimigos cavalos-de-Tróia ( os troianos foram enganados e perderam a guerra, pois, esperaram submissão, admiração, compreenssão e covardia da parte dos seus inimigos gregos); não sou troiano sou um brasileiro ex-torturado, perseguido e vítima de vários tentativas de assassinato realizadas pelos meus inimigos ( quer acreditem em mim, ou não, essa é a realidade que somente meus inimigos seriam capazes de confessar, assim como todos os que  sofreram, ou sofrem, os mesmos processos de ataques e tentativas de destruição realizadas por criaturas torturantes sádicas e defensores dos inimigos das pessoas como eu). Sei que hoje( 2012/Brasil) está em moda a formação de " Comissão da verdade" geralmente infestada de figuras de todos os tipos como a intenção de apurar os fatos e circunstâncias ocorridos durante a ditadura militar ( 1964-1989); muitos de total ou parcial interesse e boa fé em resumo desejam não mais que ocorram fatos como aqueles que xxxxxxxx durante esse período da história do Brasil; de boa-fé o inferno está cheio....Procuram enterrar os corpos dos militantes de esquerda que são enconrados nos valões das periferias ou nos cemitérios clandestinos, onde muitos dos meus companheiros e companheiras de luta foram jogados como se fossem restos mortais para banquetes dos vermes e urubus. Procurem no oceano Atlântico se estão com tanta disposição assim e vejam se encontram os arquivos das ditaduras do "Cone Sul" e da "Operação Condor" lá. Continuem enchendo os livros e os sites da internet para registrar todas as coisas e circunstâncias que nossos inimigos capitalistas-burgueses e seus seguidores de todos os tipos desejam destruir ou reescrever segundo seus xxxxxxx e irracionais interesses capitalistas burgueses. Espero realmente que os que estão nessa busca dos ossos dos meus companheiros e companheiras possam buscar no presente os que como eu conseguimos sobreviver e estamos esperando ser encontrados vivos por todos os brasileiros que estão realmente interessados em preservar e manter a história do nosso país viva e compreendida por todos os que não aceitariam nem aceitam se juntar aos nossos inimigos que fizeram com que aqueles fatos terroristas e criminosos fossem realizados. Que grande preocupação eu venho observando nessas "Comisssões da Verdade" em escrever as histórias, realizar xxxxxxx e debates em ambientes aburguesados onde nossos atuais inimigos desfilam suas figuras arrogantes, prepotentes alienadas e sádicas. Sei muito bem quem de fato é ou quer ser do " Nosso Time"...hoje e sempre; não estudei e estudo todos os dias os temas aqui abordados para ficar sem capacidade de saber "separar o joio do trigo", ou, quem é ou não meus amigos e meus inimigos. Não xxxx sair deste inferno onde meus torturadores e perseguidores controlam e administram todos os tipos de meios e criaturas que fazem com os torturados submetidos aos seus controles sádicos e irracionais "desejam a morte" por não mais resistir aos sofrimentos e dores infinitas criadas e produzidas pelos defensores dos capitalistas-burgueses. Serei o mais claro consenso para que fique bem compreendido nos meus livros o que realmente pensei e fiz, e o que hoje penso e faço. Não necessito de editores, tutores intelectuais, institucionalizadores oficiais de pensamento, idéias e cultura para narrar a minha história e tudo que xxxxx experiencias, pesquisar e compreender desde o primeiro momento que tive contato com os meus inimigos e seus agentes criminosos fantasiados e mascarados de agentes da ditadura militar.Sei que nessas "Comissões da Verdade" esistem parentes dos meus companheiros e companheiras que gostariam que as memórias dos seus entes queridos e a nossa história fossem mantidas para sempre nas mentes das futuras gerações, esse era também um dos nossos desejos quando estávamos lutando e sendo torturados pelos monstros sádicos no DOI-CODI, DOPS, CENIMAR e nos demais centros de terror que os capitalistas-burqueses criaram via seus regimes tirânicos e ditatoriais. Nossos parentes sabem muito bem dos nossos princípios, idéias, valores e objetivos; todos nós sabemos que poderíamos ser presos, torturados e assassinados. Na Argentina foram 30.000 no Chile mais de 3.000 e em todos os países da América do Sul e Central são outros milhares de companheiros que foram perseguidos, presos, torturados e assassinados. Todos nós que lutávamos contra a "Ditadura Militar" estudamos o máximo possível Karl Marx, História do brasil, "História da Revolução Russa de 1917", História da Revolução Francesa, xxxx realizados por Hittler, Stalin e todos os tipos de ditadores e tiranos que a história (hoje a internet é moda como fonte informativa e de conhecimento) registra. Hoje menos historiadores e pesquisadores procuram deixar nos livros, filmes, bibliotecas, salas de aula, seminários, etc, as informações para que no futuro todos possam conhecer as histórias e fatos que acontecem hoje (2012); assim foi feito no passado e será feito sempre para que novos estudantes, os novos lutadores tenham condições de saber da nossa história, esse é um dos motivos que me obrigam a escrever esses livros; sou grato aos autores, pensadores e teóricos que escreveram os livros e textos que nós em plena ditadura militar e em lutas onde sabíamos os pováveis resultados individual e coletivamente das nossas ações. O companheiro Carlos Lamarca morreu se alimentando de rapadura, tendo como calçado "sandálias japonesas" e lendo Guerra e Paz de Leon Tolstoi e aconselhando a todos a ler esse livro. Seus senhores e senhoras parentes ou não dos companheiros e companheiras que lutaram contra as ditaduras do "Cone Sul" e principalmente contra o sistema capitalista burguês que de fato as produziu e manteve o quanto pode essas ditaduras, nós não éramos utópicos ingênuos, nós sabíamos as várias e diferentes probabilidades decorrentes das nossas escolhas de modo de vida e da nossa ideologia. Assim se eu estivesse morto como estão milhares dos meus companheiros e companheiras hoje existem apenas nos livros e nas memórias dos que hoje existem apenas para busca e manter suas histórias registradas. Se eu estivesse morto certamente eu esperaria que pessoas sérias, de boa fé, responsáveis e compromentidas com as nossas lutas procurassem no mínimo manter as nossas biografias e história vivas e em nossas condições de ser profunda e claramente conhecidas por todas as pessoas, principalmente pelos pobres e miseráveis espalhados nas  cidades e nos imensos campos sem a mínima qualidade de vida. Eu tenho por hábito em minhas pesquisas estudar biografias de todos os companheiros e companheiras que lutaram e lutam contra os nossos reais inimigos: os capitalistas burgueses e seu Estado Antidemocrático da Direita Facista. Muitas biografias foram lidas, analizadas e refletidas, inclusive as biografias dos diferentes mercenários e agentes das Ditaduras Capitalistas mascarados de várias formas para impor medo e terror defendendo os interesses dos seus chefes e patrões.Esse é um hábito que cultivo e muito tem me ajudado, pena que eu continue me preparando para s lutas e enfrentamentos contra os meus inimigos. Terei muitas observções importantes lendo as histórias contadas sobre essas batalhas realizadas. Os meus companheiros e companheiras morreram para que o mundo e a sociedade pudessem oferercer a todos as condições necessárias para viverem; estive próximo a muitos desses companheiros e convivi com eles ouvindo dos lábios deles as palavras que hoke muitos historiadores e pesquisadores narram colhidas essas palavras em fontes muitas vezes não fidedignas e realistas. Lendo histórias, biografias e muitos outros temas profundamente pesquisados, posso aqui narrar algumas circunstâncias e fatos depois devidamente refletidos.
Todas as pessoas, os pesquisadores e historiadores estejam ou não interessados na nossa história de enfrentamento a Ditadura Militar, estejam essas pessoas dentro ou fora das tais "Comissões da Verdade", oficial ou oficiosas - estão prestando um grande trabalho de ajuda a nossa causa e ao Nosso Time...Isso é muito importante fazer, mas é apenas uma tática que compõe a estratégia geral dos nossos companheiros e companheiras de ontem que foram presos, torturados e assassinados. Eu pergunto se essa é a única tática que vocês conseguiram para continuar as lutas de todos os desaparecidos políticos e as nossas lutas contra o Sistema Capitalista Totalitário que de fato foi o gerador das Ditaduras Militares que nós enfretamos; Bata somente fazer memoriais, "Comissões da Verdade" ficar indignados e xxxxx xxxxx alguns ossos misturados com entulhos para sentirem-se com as suas missões confundidas diante de todos? Perguntas semelhantes para todas as pessoas que estão sabendo até além da conta sobre as ditaduras militares do Cone Sul, sobre os regimes facistas e totalitários registrados nos livros e nas mídias - todos os vivos sabendo muito sobre os companheiros mortos e muitas pessoas sádicas e criminalmente se reunindo em eventos e atos para resgatar as memórias daqueles que quando estavam vivos ninguém desses grupos oportunistas de xxxxxxxx, historiadores e pesquisadores de regimes totálitários se preocupava ao menos em compreender seus motivos, idéias e princípios. Quantos dos parentes que hoje procuram fazer memoriais,  xxxxxx as biografias dos meus companheiros e companheiras de lutas concordaram com eles quando vivos estavam? Agora esta em moda e foi constitucionalizado essa caçada aos mortos e desaparecidos políticos por gente de todos os tipos e diferentes formações políticas e ideológicas. Parecem querer transformar esses esses movimentos e essa moda em coisas que possas ser capitalizadas para aumentar alguns podres poderes de criaturas espertas e oportunistas. Lucram com ressureições de mortos, memórias e histórias que nunca desejam particpar, pois para isso teriam xxxxx correr riscos e não apenas ficarem indignados e alienados. Quantos estão vivos dos que foram presos, torturados e persguidos pelos agentes da Ditadura Militar e hoje cheios de seqüelas encontram-se desempregados e aparecem em atos e eventos para melhor formatar o "expetáculo xxxx" que os produtores de xxxxx xxxxx criam e mostram com história das Ditaduras Militares do Cone Sul? Posso muito saber o que os milhares de companheiros e companheiras que foram presos, assassinados e desaparecidos querem , sou do "Time Deles"; eles falavam de todas as formas como pudessem quais eram os nossos objetivos; eles sempre foram claros e concisos ao apresentarem suas propostas e realizarem suas lutas. Não é preciso muitos estudos e informações para nos conhecer e saber dos nossos princípios, idéias e valores; todos nós militantes de esquerda ontem, hoje e sempre somos facilmente compreendidos nas nossas idéias e objetivos - leiam as biobrafias dos companheiros e companheiras que enfrentaram as ditaduras e os regimes totalitários do todos os tipos; hoje com as buscas na internet é muito fácil saber imediatamente o que eu penso ( vejam na internet meu site http://movebr.wikidot.com/ ; meu blog:brasilivre1800.blogspot.com e no youtube: http://www.youtube.com/user/csunearquivo?feature=mhee ,"jorgemiguel anosdechumbo").
Hoje qualquer criança que saiba fazer buscas na internet pode utilizando o Google digitar: "Carlos Lamarca", Carlos Mariguella, Luis Carlos Prestes, Gregório Bezerra, Luiz Travassos, Honestino Monteiro Guimarães, Fernando Sarita Cruz, Helenira Souza Resende Nazaré, Sonia Stuart Angel, Vladimir Herzog, Alexandre Vanucchi Leme, Olga xxx Prestes, Maria Auxiliadora, que se suicidou jogandeo-se sob as rodas do trem do metrô na Alemanha por não agüentar as seqüelas derivadas das torturas quando foi presa pelos órgãos de repressaõ dos capitalistas burgueses e seus mercenários agentes oficiais vestidos de funcionários públicos).
Eis que nesse ponto do livro tenho que aplicar na narrativa alguns princípios dos surrealistas e das formas como se faz  uma "Xxxx de assembléia estudantil" para

Mandado de segurança do presidente da UNE Honestino Guimarães

video

Documentos raros - arquivos CSUNE

video

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

O CAPITALISMO ORIGINA TODOS OS REGIMES TOTALITÁRIOS E DITADURAS


Trançando a linha da história da civilização ocidental desde a Grécia, Roma e o autoproclamado “povo escolhido por Deus” (os hebreus) pode-se comprovar e perceber que sempre minorias se apropriam de tudo e todos os poderes utilizando para isso instrumentos de vários tipos para levar a maioria (geralmente de pessoas ignorantes e pobres) a legitimar e aceitar esses domínios e controles sociais.  Reis e rainhas na Antiguidade e no Mundo Feudal, Primeiros Ministros e Presidentes no Mundo Moderno são eleitos de diversas formas por populações que, em sua grande maioria representam as elites, aristocratas e celebridades condicionadas propositalmente para participar de processos eleitorais falhos e muitos deles criminosamente idealizados por intelectuais e agentes oficiais de Estado Burguês Capitalista Totalitário. Desde há muito que as minorias de privilegiados e donos dos podres poderes obtidos com processos políticos ridículos e pseudodemocráticos, essas elites criminosas buscam legitimações e justificativas de todas as suas ações sádicas e alienantes. Esses políticos se fazem passar como legítimos representantes de todas as pessoas, inclusive dos escravos, miseráveis, sem tetos, sem terras e todos que são mantidos pelos donos dos meios de produção e seu sistema capitalista totalitário como seres passivos, ignorantes, despolitizados e coniventes com todos os atos emanados das torpes e sádicas mentes dos seus representantes políticos mascarados de “representantes do povo” nas Assembleias Legislativas, Congressos e Câmaras de Vereadores e Deputados. Eis que o processo vem de há muito se mantendo para que minorias de oligarquias, celebridades, ricos e famosos de todos os tipos e lugares se perpetuem em seus castelos, mansões e condomínios de luxo colecionando produtos de luxo e grifes famosas; tais criaturas acham-se legitimadas por valores e princípios abstratos saídos das mentes dos seus serviçais intelectuais que criam doutrinas e ideologias para justificar os crimes e explorações cometidas contra a maioria da população que mantida na miséria é condicionada criminosa e propositalmente a seguir imitando, invejando e desejando ser burguês e capitalista; eis que os oprimidos são controlados e condicionados para invejarem e seguir os valores e princípios dos opressores no ciclo vicioso que para os controladores e administradores do Estado Capitalista-Burguês parece lógico e sempre necessário que assim sempre ocorra. Eis que muitos desejam ser patrões donos dos meus de produção e esquecer a História e todos que lutaram e lutam contra os que se acham donos de tudo e todos até mesmo das estrelas do universo.
É esse ciclo vicioso que de há muito vem mantendo os criminosos capitalista-burgueses e seu Estado Antidemocrático Capitalista Totalitário garantindo os valores, princípios e ideias de oligarcas, banqueiros, latifundiários e celebridades de todos os tipos que ostentam suas ociosas vidas de exploradores dos povos e mantedores da alienação das massas. É esse Estado Capitalista Totalitário que gerou Hitler, Mussolini e todos os tipos de regimes onde as pessoas foram assassinadas, presas e torturadas; é esse tipo de Estado Burguês Capitalista que gerou as Ditaduras Militares na América Latina a partir dos anos 60 (no Brasil a Ditadura Militar de 1° de Abril de 1964). Cabe aos que ainda lutam contra esses sádicos mascarados de representantes do povo com seus podres poderes instituídos e pensados criminosamente por seus ideológicos e seguidores continuar lutando contra tais ações dos mercenários e comportamentos que os inimigos dos povos introduzem propositalmente a todo instante e em qualquer lugar para continuarem mantendo seus privilégios e ociosas vidinhas de criaturas desespiritualizadas e sádicas. A primeira coisa a ser feita é não aceitar os valores, princípios e idéias dos capitalista-burgueses e seus agentes mercenários de todos os tipos, não aceitando juntar-se a eles.
Como fazer isso? É simples, use o bom senso e a lógica ao separar os amigos e companheiros de luta dos que desfilam suas figuras prepotentes e arrogantes nos diferentes lugares dos países capitalistas. Separe o joio (mato desnecessário e inútil) do trigo e assim fazendo já terá obtido um grande sucesso apontando as redes constituídas de elementos mafiosos, “analfabetos políticos”, “inocentes úteis” e consumistas de todos os tipos de sua vida. Eis que dos mais de 7.000.000.000 de habitantes do planeta continua cientificamente controlados para aceitarem, valorizarem, imitarem e invejarem os capitalista-burgueses como seres necessários e “úteis”  para todas as coisas e pessoas. Eis a inversão surrealista criada propositalmente pelos profetas judaicos e todos os ideólogos das elites ricas de todos os tempos. Sempre haverá os ricos e pobres e isso parece ser para os inimigos dos pobres uma lei da Física e um determinismo para ser aceito por todos os  miseráveis de diferentes lugares e circunstâncias. São criadores e legisladores que criam leis que servem única e exclusivamente para manter seus podres poderes e privilégios para isso é necessário as justificações dos atos dos constituintes e Constituições Burguesas Capitalistas onde os miseráveis são adestrados e controlados para legitimarem as ações dos opressores do povo. Que fique bem claro e compreendido por todos os exploradores, pelos capitalista-burgueses e seu Estado Totalitário gerador de Ditaduras e Tiranias (defendidos por leis criadas propositalmente para defender  privilégios de minorias ricas e famosas)que desejam  essa sofisticada inversão saída dos seus gabinetes universitários e dos templos judaicos seja aceita e legitimada por todos os explorados  e pobres. Tais criaturas subvertem e desrespeitam a lógica e querem por todos os meios fazer com que suas vítimas os invejem e desejem ser semelhantes a eles. Querem fazer todos seguirem os valores, princípios, hábitos, comportamentos e idéias. Para isso criaram os “Três Conjuntos”, instrumentos máximos de controle social, adestramento e cooptação: o conjunto da “Ditadura Civil”, os Aparelhos Ideológicos do Estado Burguês Capitalista e a Industria Cultural.
São esses macroinstrumentos que permitem e garantem a prepotência, a arrogância e as ações sádicas dos que se acham donos de todos e de tudo no universo. Os Aparelhos Ideológicos (foram estudos constantes de Althusser, filósofo francês) são as famílias que seguem os valores impregnados da tradição e propriedade segundo a ética e o espírito dos protestantes e de todos os capitalista-burgueses. São adestradores e educadores das pessoas durante toda a vida dentro dessa sociedade judaico-cristã e capitalista; os princípios, valores, hábitos, ideias e consumos da classe burguesa que institucionaliza e mantêm as pessoas condicionadas para aceitar acrítica e alienadamente o “Estado Capitalista Totalitário Liberal Burguês”. As crianças das creches aos adultos nas universidades, todos são adestrados e controlados para aceitarem os valores e invejarem os burgueses e suas vidinhas inúteis, mentirosas e opressoras. A “Ditadura Civil” é um conjunto que é constituído de elementos que aceitam ser seguidores e defensores de todos os tipos de valores, ações e ideias dos que criaram os regimes totalitários e tirânicos através da história. Esses elementos utilizam a “lei do vale tudo”  para manter seus consumos e valores diante de suas vítimas e de todos que escravizam e controlam. Por fim, a Indústria Cultural infestada de celebridades milionárias dos esportes e das artes que são instrumentalizadas por pseudoagentes culturais e artistas comprometidos com a ideologia dominante para transformar as pessoas em idiotas, fanáticas, alienadas, seguidoras de inúteis criaturas e legitimadoras dessa sociedade onde os capitalistas esperam sempre transformar todos segundo suas imagens sádicas e criminosas comprando as almas de “inocentes úteis” e deslumbrados com produtos e serviços criados pelos ideólogos e administradores desse Estado Capitalista Totalitário.